Translate

25 de março de 2017

  ♥Cantiga ao mar... ♥
 






Cantiga ao meu “Mar”- 
Ana Marly De Oliveira Jacobino

E o mar me fascina ... 
mesmo, ao longe sinto sua força
cá dentro de mim...


Saliniza minhas lágrimas
revisitando minha vida
no ir e vir das suas ondas...
numa busca infindável
por tesouros!


Saliniza minha vida
tão repleta de amores e dores...
tão repleta de alegrias e tristezas..


neste mar contido no mais belo olhar
carregado pelo vento boroeste...
navega meu coração lusitano,
navega meu coração caipiracicabano!


Invade minhas praias, ó mar...
cobre meus pés de corais...
transeunte que és desta alma
repleta de alegria e maresia!


Leva-me por caminhos inexplorados
ainda pelo inconstante vento..
leva-me por suas marolas, ó mar...
versejar para as sereias!


* O mar encanta sempre e cant´-lo faz bem...Lindas lembranças ele nos traz Boas para domingos e sempre!

bjs, chica

18 de março de 2017

  ♥ Refúgio... ♥
   



Quanto amor!

Envia-nos o Sol para aquecer os campos deixando florescer o trigo , e dessa forma colhê-lo e colocá-lo à mesa como o pão nosso de cada dia.
Envia-nos as estrelas para iluminarem os caminhos daqueles que precisam de luz.

Senhor, em vós nos refugiamos e pedimos o vosso conforto quando nos sentimos desamparados.
Precisamos dos vossos braços para que sejam acolhidos pelos amorosos abraços.
Senhor, pedimos muito, mas oramos pouco e sei que jamais vós deixastes de nos amar.

Jamais desamparastes vosso filho pedinte, pois sabes que o vosso Refúgio é o local acolhedor que possamos confiar e pedir.

Pedir que não abandonasse àqueles que necessitam aquietarem-se de mágoas ou ressentimentos recebidos e diante de vós através de orações, mereçam por súplicas o vosso perdão.

Obrigada Senhor pelo Refúgio do vosso abrigo que me acolhe.

Somente vós sois o Refúgio que nos acolhe e nos deixa sentir vossas mãos impostas como bênçãos.

Obrigada Senhor, por me amparar nos momentos mais precisos.

Assim... No Refúgio em Deus está "Tudo Azul".

Carmem Lúcia

12 de março de 2017

  ♥Uma conversa florida...( Bem própria para um domingo!) ♥
 




Perguntei aos narcisos porque tinham vindo tão cedo se nem as frésias nem os crocus tinham chegado.

Tão entregues estavam a admirar a sua beleza que não obtive resposta. Peguei num livro e sentei-me desfrutando do prazer morno dos últimos raios de sol deste dia de fevereiro.

Coloquei-me um pouco afastada daquelas flores vaidosas.

O som dos melros empoleirados nos longos braços da araucária, no chamamento das fêmeas, fazia-se ouvir e  serviria de acompanhamento musical, sem me incomodar ou distrair da leitura, pensei.




Puro engano.
Os malmequeres começaram a conversar, melhor dizendo, a discutir quem teria o branco mais niveo, mais puro, quem teria mais pétalas de bem-me-quer.
Discussão que não levaria a nenhuma conclusão e que só terminaria com a chegada das rosadas boas-noites exalando o seu adocicado perfume abrindo-se para receberem o beijo de despedida do sol.
O jasmim não se fez esperar e fazendo prevalecer a sua altura e o seu estatuto de trepadeira impos silêncio no canteiro.

 O dia chegava ao fim.
Em breve a noite estenderia o seu manto sobre o jardim e um arrepio percorreu-me os braços despidos avisando-me das horas de recolher.
Não chegara a abrir o livro e fiquei na dúvida se não teria adormecido ao som das conversas aromáticas das flores do canteiro.

5 de março de 2017

  ♥Se tudo fosse poesia... ♥
   


Se tudo fosse poesia
Que lindo seria o mundo!
Pleno de sol, de alegria
O amor seria profundo!


Olhares se atreveriam
A enxergar mais além...
Não haveria maldade
Nem palavras de desdém...


Se tudo fosse poesia
(E poesia de criança)...
Haveria fantasia,
Ciranda, roda, festança!


Ninguém teria vontade
De ser mais do que ninguém,
Reinaria a liberdade
Pra ser o que nos faz bem!


Se as coisas fossem poesia
Varreria todo o mal!
E toda nossa energia
Seria pro bem geral!


Então a paz tornaria
Os dias mais azulados..
E em nós existiria
Essa tal felicidade!