Translate

11 de novembro de 2017

  ♥ Fila indiana. ♥
 





Para mim os homens caminham pela face da Terra em fila indiana.

Cada um carregando uma sacola na frente e outra atrás.

Na sacola da frente, nós colocamos as nossas qualidades.

Na sacola de trás guardamos os nossos defeitos.

Por isso durante a jornada pela vida, mantemos os olhos fixos nas virtudes que possuímos, presas em nosso peito.

Ao mesmo tempo, reparamos impiedosamente nas costas do companheiro que está adiante, todos os defeitos que ele possui.

E nos julgamos melhores que ele, sem perceber que a pessoa andando atrás de nós, está pensando a mesma coisa a nosso respeito.

Mude ainda dá tempo, e não esqueça…

Sorria! …

Texto do Namastê 


Recebi por amail e achei lindo.Compartilho!

4 de novembro de 2017

  ♥Um poema... ♥
   



Aos ouvidos do vulgo indiferente
passa o rumor das coisas. Quem me dera,
vertê-la em notas de harmonia austera,
o original guardando fielmente!

Quem não sabe cantar também não sente
a sinfonia que o silêncio gera,
através dos espaços, onde impera
a música dos sóis eternamente.

Sons vagos, indecisos e serenos
passam por ti, ó vulgo, sem ao menos
este rumor das coisas entenderes.

Entendê-lo somente ao poeta é dado,
que é seu destino andar arrebatado
na sugestiva música dos seres.

Augusto de Lima

14 de outubro de 2017

  ♥ Mudanças...♥
 


As marés mudam, as ondas chegam ora baixas, ora altas...

Mas ele lá está...

Sejamos fortes  e saibamos nos manter firmes  nas marés da vida...


(((o)))o(((o)))o(((o)))

E dentro de alguns dias, vamos ver o mar de perto...  Voltamos aqui nesse blog dia 05 de novembro, domingo!

INTÉ!  bjs, chica